• Estopim Coletivo Facebook
  • Estopim Coletivo Instagram
Please reload

O pós-taumaturgo

22 Nov 2017

Entre. Vamos! Deixe-se seduzir. Siga o caminho mais curto. Acredite, simplesmente acredite, e farei seus problemas sumir. Venha, futuro aluno sem luz, venha conhecer minhas soluções, atravesse o véu de minha tenda, que lhe prometo minhas melhores argumentações.

 

Venha ser errante, venha o conforto de minhas certezas conhecer. Venha desamparado, que faço de meus dogmas o seu viver. Adentre, meu ruminante, e deixe o caminho eu oferecer. Incertezas sufocantes? Prepare-se para esquecer.

 

Venha aleijado, ande, pois em minha tenda lhe mostrarei todos os milagres modernos, que eu mesmo lhe trarei. Venha, conheça o pós-taumaturgo, o grande, que o remédio, de certo, eu terei. Veja adiante: sucesso, felicidade e cura gay.

 

Entre e observe: há todo tipo de milagre em minhas estantes. Não perecíveis, catalogados e sem conservantes. Adentre criança, deleite-se no mel da falsa compreensão, deixe que minhas frases de efeito curem o mal que assola esse fraco coração.

 

Venha que o futuro é certo. Não há nisso adivinhação! É uma fórmula matemática que criei. Não tente, pois poucos compreenderão. Somente venha a mim que da vida eu sei. Curo tristeza, herpes e comichão. Tudo com 36 parcelas - sem taxa de adesão.

 

Venha e traga seu vazio, preencheremos com a mais moderna ilusão. Traga o cunhado e tia e ganhe de brinde a ignorância em comunhão. Não se acanhe, pois em minha tenda não há ardil, estou aqui para a sua remissão. Abra sua mente para lobotomia e viva feliz com a minha convicção.
 

 

Ilustracão:

Richey Beckett

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Gostou da leitura?

Assine a revista Estopim Coletivo

e financie a produção de conteúdo independente

sobre política e cultura.

Please reload