• Estopim Coletivo Facebook
  • Estopim Coletivo Instagram
Please reload

A condenação

24 Jan 2018

Lula é condenado na 2ª instância, mas PT confia na sua candidatura

 

Condenado! Mais do que isso: condenado por unanimidade. Apesar da presença maciça dos apoiadores em Porto Alegre, onde foi julgado seu recurso no caso do triplex do Guarujá, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi condenado, agora na segunda instância, e ainda viu sua pena aumentada de nove para 12 anos e um mês de prisão em regime fechado.

 

O dia em torno do julgamento começou cedo na capital gaúcha. Às 8h da manhã, os juízes da 8ª turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região iniciaram seu expediente e o voto do relator, juiz João Pedro Gebran Neto acabou perto do meio-dia. A tarde, Leandro Paulsen e Victor Laus acompanharam a decisão, condenando o ex-presidente por unanimidade.

 

Se a atividade no Tribunal começou cedo, no anfiteatro Pôr do Sol, onde os militantes petistas acamparam, não foi diferente. Recuperadas as energias gastas no dia anterior, os petistas ocuparam cedo as ruas de Porto Alegre em apoio ao ex-presidente.

 

É o caso da militante petista Luciane Almeida. Filiada ao PT desde a década de 1980, atua na Secretaria Estadual de Mulheres do PT no Rio Grande do Sul, encorajando e empoderando as companheiras de militância nas diversas instâncias do partido em solo gaúcho.

 

 

“Aqui no Rio Grande do Sul, estávamos preparando a mobilização desde 13 de janeiro. Mas o dia 22 marcou a grande entrada dos movimentos e do Partido dos Trabalhadores nessa etapa da resistência. Montamos acampamento abaixo de chuva e resistindo ao tempo e as pressões”, disse Luciane.

 

Assim como na montagem do acampamento, na dispersão pós-condenação, os militantes petistas novamente enfrentaram a chuva. Para Margareth, essa não foi um habitual toró d'água do fim de tarde gaúcho, mas uma resposta da natureza ao desfecho do julgamento.

 

 

“As pessoas estão virando escravas, trabalhando de segunda a segunda sem folga. Isso é dignidade? Nem a natureza aceitou e se revoltou com a gente. Estou muito triste, mas uma coisa é certa: a dor nos fortalece”, ressaltou a militante petista.

 

Os próximos passos

 

A condenação de Lula em segunda instância nesta quarta-feira, 24 de janeiro, não paralisou os militantes petistas e a articulação do partido. Deputado federal pelo Rio Grande do Sul, Pepe Vargas garantiu que Lula será candidato.

 

 

“Vamos ratificar a candidatura do Lula amanhã. A legislação brasileira garante que ele possa registrar a candidatura e, obviamente, haverá uma disputa de recursos e embargos, mas ele vai concorrer”, afirmou o deputado.

 

Ainda segundo o deputado, a caravana Lula pelo Brasil percorrerá, em fevereiro e março, os três estados da região Sul. O roteiro ainda não foi divulgado, mas é certo que o mar vermelho que deixou sua marca em Porto Alegre voltará a capital gaúcha e deixará suas tintas também no Paraná e em Santa Catarina.

 

 

| DURANTE OS DIAS 23 E 24 NAS REDES SOCIAIS DO ESTOPIM |

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ilustração:

G. Pawlick / Estopim Coletivo

Fotos:

Bianca Taranti / Estopim Coletivo

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Gostou da leitura?

Assine a revista Estopim Coletivo

e financie a produção de conteúdo independente

sobre política e cultura.

Please reload