• Estopim Coletivo Facebook
  • Estopim Coletivo Instagram

peça de teatro argentina

aborda a história

de um político corrupto

17 May 2018

O dia 17 de maio é mais um dia de luta. Nesse caso, do combate à homofobia. Coordenadora da Associação em Defesa dos Direitos com enfoque em gênero e sexualidade (ADEH), Lirous K'yo Fonseca ávila concedeu uma entrevista ao Estopim em 2015 sobre a ADEH. Em 2018, ela recebeu a medalha Antonieta de Barros, que homenageia mulheres que se destacam em diversas áreas na cidade.

22 Nov 2017

Confesso que fico imaginando se a data do seu nascimento foi um daqueles dias em que se espalha pelo ar um clima de que algo extraordinário está prestes a acontecer, ou se tudo o que se sucedeu a seguir foi surpresa para aqueles que conviveram com ele no começo da sua caminhada. O fato é que, no dia 2 de agosto de 1932, veio ao mundo o único filho de Eurídes Ignácio Antunes e Lahir, então já viúva. Às margens do arroio Itapevi, cresceu o menino, e a despeito dos atritos e das confusões familiares, foi apelidado carinhosamente: Mozinho.

1 Sep 2017

Sob a influência do romantismo e realismo literário, Jorge Amado, em Capitães da Areia, levou ao extremo a marginalização do menor e do adolescente, dando vida a personagens dotados de bondade, pureza e amor, ao mesmo momento que sobrevivem por meio da criminalidade.

24 Aug 2017

No seu último governo, de 1951 a 1954, Getúlio Vargas fez importantes transformações sociais no Brasil, como dobrar o salário mínimo. Suas políticas de distribuição de renda incomodaram a elite brasileira e a grande imprensa do país fechou o cerco de oposição ao presidente, promovendo uma campanha de desgaste de seu governo. Em 24 de agosto, Vargas se suicida, pondo fim a uma das mais graves crises políticas do Brasil. Nesta entrevista, conhecemos mais sobre esta figura histórica através de seu biógrafo, o jornalista Lira Neto.

8 Aug 2017

Armando Boaventura é um político de carreira incólume. Jamais se corrompeu. Foi o candidato da mudança, da renovação e da boa postura em Grunhidos, sua cidade natal. Vitória Boaventura, sua mãe, sempre incentivou o filhão diante das sucessivas derrotas. Envolvido até os dentes em política, como é que Armando nunca cometeu uma canalhice? Qual o segredo? Descubra na crônica “Um político incorruptível”.

21 Jun 2017

Machado de Assis, segundo o Google, completaria 178 anos neste 21 de junho. Reviramos os arquivos do Estopim e encontramos uma crônica publicada em 2012 sobre Memórias Póstumas de Brás Cubas, uma das obras do mais importante autor da literatura brasileira.

28 Nov 2016

Ele teve o primeiro contato com a música na infância num país tão, tão, tão distante do Brasil, a República Democrática do Congo. Acompanhando os pais, ia a igreja e começou a cantarolar as primeiras notas. Foi amor à primeira vista, não parou mais. Tentou enveredar para o hip hop, mas o pai não queria o filho cantando fora da igreja.

18 Jul 2016

A diferença de interesses entre a Rússia e Estados Unidos provoca a mais terrível derrama de sangue, preocupação e desespero em todo mundo. O maior número de vítimas? Inocentes. O território da Síria está em frangalhos. Uma parte segue sob o braço firme e o governo do ditador Bashar al-Assad. Outra grande fatia está dominada pelo grupo terrorista autodenominado Estado Islâmico. A guerra na Síria mata os civis desse país por meio de balas e explosões, mas também os coloca em risco na travessia por mares para chegar à Europa.

4 Jul 2016

Em 17 de abril de 2016, a Câmara dos Deputados votou a abertura do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Em 11 de maio, o Senado Federal também votou pela admissibilidade do processo e em 13 de maio a presidente se afastou do cargo para o qual foi designada por 54 milhões de votos nas eleições de 2014, quando derrotou o candidato Aécio Neves, do PSDB.

27 Jun 2016

A cultura do estupro, fruto da cultura machista, está enraizada na sociedade brasileira. A cada 11 minutos uma mulher é estuprada e apenas 10% das vítimas costumam prestar queixa de acordo com o IPEA. Tal cultura também é provada pela constante “culpabilização” da vítima, pois grande parte da população ainda acredita que mulheres com roupas curtas merecem ser atacadas e que se mulheres soubessem se comportar haveria menos estupros, o que justifica o comportamento violento masculino e atribui à mulher a responsabilidade de prevenir a violação de seu corpo.

Please reload